Demissões de técnicos marcam a 21ª rodada da Série A

Confira quem foram os demitidos e o aproveitamento de cada treinador no cargo



A 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A reservou fortes emoções para os técnicos de muitos times. Muitos deles perderam o emprego. Para ser preciso, quatro. O curioso é que todos estavam há pouco tempo no cargo e não conseguiram emplacar um bom futebol a seus respectivos clubes.

Cuca, no São Paulo, Oswaldo de Oliveira, no Fluminense, além de Zé Ricardo do Fortaleza e Rogério Ceni do Cruzeiro não seguem no cargo de treinador por enquanto. Desses, quem estava há mais tempo no cargo era Cuca: ficou 6 meses no tricolor paulista, desde 1º de abril (e não é mentira). Por isso, trouxemos para você hoje os técnicos que caíram entre ontem e hoje, 26 e 27 de setembro de 2019, e o desempenho deles no clube.

Demissões de técnicos na 21ª Rodada do Campeonato Brasileiro 

Cuca (São Paulo) - 6 meses no cargo (01/04)

26 jogos

9 vitórias

10 empates

7 derrotas

47% de aproveitamento

Oswaldo de Oliveira (Fluminense) - 1 mês no cargo (23/08)

7 jogos

2 vitórias

2 empates

3 derrotas

38% de aproveitamento 

Zé Ricardo (Fortaleza) - 1 mês no cargo (13/08)

7 jogos

1 vitória

2 empates

4 derrotas

24% de aproveitamento 

Rogério Ceni (Cruzeiro) - 1 mês no cargo (12/08)

8 jogos

2 vitórias

2 empates

4 derrotas

33% de aproveitamento


+ Leia Também: Maiores salários dos técnicos no futebol brasileiro em 2019

+ Leia Também: Técnicos estrangeiros que já treinaram times brasileiros

Quem chega?

Dos clubes, o São Paulo já tem um novo treinador: trata-se de Fernando Diniz, que antecedeu Oswaldo de Oliveira no Flu.

Falando em Flu, a expectativa era repatriar Diniz, mas não vai ser dessa vez!

O Cruzeiro estudava nomes como Dorival Júnior e Felipão, mas acertou com Abel Braga no fim da tarde desta sexta-feira (27). Enquanto o Fortaleza pode cravar um retorno de Rogério Ceni ao cargo - com o treinador, o Leão do Pici foi Campeão da Série B de 2018.

E para você, torcedor, qual deve ser o próximo técnico a cair no Brasileirão? Você achou uma dessas demissões injusta? Deixe seu palpite!

Em 27/09/2019 por Matheus Alves

demitidos técnicos campeonato brasileiro Série A aproveitamento Cuca Oswaldo de Oliveira Zé Ricardo Rogério Ceni
Voltar