Mundial de Clubes: história e todos os times campeões

Conheça a história do Mundial de Clubes e a lista de todos os campeões do torneio



Atualmente conhecida pela Copa do Mundo de Clubes da FIFA, a edição de 2019 é a penúltima com o atual formato de disputa. A partir de 2021, o Mundial será realizado a cada quatro anos e contará com a presença de 24 times, visando tornar a competição mais disputada e desejada pelos clubes. Antes de ser conhecida por esse nome, já existiam outras competições que decretavam os campeões mundiais: a Copa Europeia/Sul-Americana, a Copa Intercontinental e a Copa Rio.

Conheça os campeões mundiais e a história por trás de cada torneio!

+ Leia Também: Times brasileiros que têm mundial de clubes

Times Campeões Mundiais de Clubes 🏆

  • 2018 – Real Madrid (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2017 – Real Madrid (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2016 – Real Madrid (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2015 – Barcelona (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2014 – Real Madrid (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2013 – Bayern de Munique (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2012 – Corinthians (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2011 – Barcelona (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2010 – Internazionale (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2009 – Barcelona (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2008 – Manchester United (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2007 – Milan (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2006 – Internacional (Copa do Mundo de Clubes da FIFA)
  • 2005 – São Paulo (Campeonato Mundial de Clubes da FIFA)
  • 2004 – Porto (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 2003 – Boca Juniors (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 2002 – Real Madrid (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 2001 – Bayern de Munique (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 2000 – Corinthians (Campeonato Mundial de Clubes da FIFA)
  • 2000 – Boca Juniors (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1999 – Manchester United (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1998 – Real Madrid (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1997 – Borussia Dortmund (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1996 – Juventus (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1995 – Ajax (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1994 – Vélez Sarsfield (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1993 – São Paulo (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1992 – São Paulo (Copa Europeia/Sul-Americana) 
  • 1991 – Estrela Vermelha (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1990 – Milan (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1989 – Milan (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1988 – Nacional-URU (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1987 – Porto (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1986 – River Plate (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1985 – Juventus (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1984 – Independiente (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1983 – Grêmio (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1982 – Peñarol (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1981 – Flamengo (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1980 – Nacional-URU (Copa Europeia/Sul-Americana)
  • 1979 – Olímpia (Copa Intercontinental)
  • 1977 – Boca Juniors (Copa Intercontinental)
  • 1976 – Bayern de Munique (Copa Intercontinental)
  • 1974 – Atlético de Madrid (Copa Intercontinental)
  • 1973 – Independiente (Copa Intercontinental)
  • 1972 – Ajax (Copa Intercontinental)
  • 1971 – Nacional-URU (Copa Intercontinental)
  • 1970 – Feyenoord (Copa Intercontinental)
  • 1969 – Milan (Copa Intercontinental)
  • 1968 – Estudiantes (Copa Intercontinental)
  • 1967 – Racing (Copa Intercontinental)
  • 1966 – Peñarol (Copa Intercontinental)
  • 1965 – Internazionale (Copa Intercontinental)
  • 1964 – Internazionale (Copa Intercontinental)
  • 1963 – Santos (Copa Intercontinental)
  • 1962 – Santos (Copa Intercontinental)
  • 1961 – Peñarol (Copa Intercontinental)
  • 1960 – Real Madrid (Copa Intercontinental)
  • 1951 – Palmeiras (Copa Rio)

*A competição não aconteceu em 1978 e 1975, pois ambas as equipes não acertarem as datas para jogarem as partidas.

**Em negrito os times brasileiros campeões.


  • Copa do Mundo de Clubes da FIFA ou Campeonato Mundial de Clubes da FIFA

Foi a primeira competição de clubes organizada pela FIFA, a autoridade máxima do futebol. Foi a competição que deu oportunidade de classificação para todos os clubes do mundo, por meio de títulos que elegeram um representante de todas as seis federações continentais: UEFA (Europa), CONCACAF (América do Norte, Central e Caribe), CONMEBOL (América do Sul), AFC (Ásia), CAF (África) e OFC (Oceania). 

Na primeira edição (2000), a FIFA concedeu uma vaga a mais para o país-sede (Corinthians) e para o campeão da Copa Intercontinental de 1998 (Real Madrid). Por esse motivo, foi a primeira vez que o Brasil teve dois representantes brasileiros no Mundial. Em 2005 e 2006, apenas os campeões das competições continentais foram para a disputa (6 representantes). A partir de 2007, o campeão nacional do país-sede da competição também garantiu uma vaga.

  • Copa Europeia/Sul-Americana ou Copa Intercontinental

A competição era disputada pelos campeões da Liga dos Campeões da UEFA e da Copa Libertadores da América. Entre 1960 e 1979, eram dois jogos disputados nos países campeões, no sistema de ida-e-volta. Entre 1960 e 1968, o regulamento levava em conta apenas os pontos conquistados nas partidas, sem contar o saldo de gols. No caso de empate, uma terceira partida realizava o desempate (aconteceu em 1961, 1963, 1964 e 1967). 

Entre 1969 e 1979, o saldo de gols passou a contar como critério de desempate. Excepcionalmente em 1973, foi realizado uma partida única. Nas edições de 1971, 1973, 1974, 1977 e 1979, os clubes campeões europeu se recusaram a participar e foram substituídos pelos vice-campeões. Entre 1980 e 2004, a competição foi disputada em uma única partida realizada no Japão. Depois disso, a competição foi substituída pela Copa do Mundo de Clubes da FIFA.

  • Copa Rio

Essa foi a primeira competição futebolística interclubes com abrangência mundial, tendo sido criada antes mesmo da Copa Intercontinental. A competição foi organizada pela Confederação Brasileira de Desportos, com auxílio e autorização da FIFA. A Federação declarou que o Palmeiras é o detentor do título da primeira competição mundial entre clubes da história, aprovado pelo Comitê Executivo da FIFA em 07 de junho de 2014.


Você entende de Futebol? Então ganhe dinheiro apostando ⤵

betmais1


Maiores Campeões Mundiais de Clubes

7 – Real Madrid (1960, 1998, 2002, 2014, 2016, 2017 e 2018).

4 – Milan (1969, 1989, 1990 e 2007).

3 – Bayern de Munique (1976, 2001 e 2013), Barcelona (2009, 2011 e 2015), Boca Juniors (1977, 2000 e 2003), Inter de Milão (1964, 1965 e 2010), Nacional Uruguai (1971, 1980 e 1988), Peñarol (1961, 1966 e 1982) e São Paulo (1992, 1993 e 2005).

2 – Ajax (1972 e 1995), Corinthians (2000 e 2012), Juventus (1985 e 1996), Manchester United (1999 e 2008), Porto (1987 e 2004) e Santos (1962 e 1963).

1 – Atlético de Madrid (1974), Borussia Dortmund (1997), Estrela Vermelha (1991), Estudiantes (1968), Feyenoord (1970), Flamengo (1981), Grêmio (1983), Internacional (2006), Olímpia (1979), Palmeiras* (1951), Racing (1967), River Plate (1986) e Vélez Sarsfield (1994).


Apesar da FIFA declarar que o Palmeiras é o detentor do título da primeira competição mundial entre clubes da história, essa foi uma competição isolada de todas as outras. Por isso, muitos torcedores não consideram que o time é campeão mundial. E você? O que acha? Participe da nossa enquete abaixo! ✅

Em 17/12/2019 por Vittoria Catarina

mundial de clubes campeões maiores história
Voltar