Estatísticas e números do primeiro turno da Série B 2019

Confira as principais estatísticas da primeira metade da segunda divisão do Campeonato Brasileiro



Na última quarta-feira deu-se o fim do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Ao término da primeira metade da competição, Bragantino (que hoje seria o campeão), Coritiba, Atlético/GO e Sport estão na zona de classificação à Série A. Por outro lado, lá embaixo, Vila Nova, São Bento, Oeste e Guarani estariam rebaixados se o campeonato terminasse hoje.

Dito isso, preparamos uma lista mais do que especial para você leitor, que é apaixonado por futebol e louco pela segunda divisão nacional. Separamos as principais estatísticas, os números do primeiro turno da Série B. Para isso, selecionamos os 5 melhores (ou piores) times ou jogadores em cada quesito. Quer saber mais? Confira!

+ Veja a Tabela da Série B!

Estatísticas do 1º turno da Série B

Artilheiros

  1. Rodrigão (Coritiba) - 11 gols
  2. Hernane Brocador (Sport) - 8 gols
  3. Mike (Atlético/GO) - 8 gols
  4. Ytalo (Bragantino) - 8 gols
  5. Zé Roberto (São Bento) - 8 gols

Líderes em assistências

  1. Claudinho (Bragantino) - 7 assistências
  2. Mazinho (Oeste) - 5 assistências
  3. Rodrigão (Coritiba) - 5 assistências
  4. Guilherme (Sport) - 5 assistências
  5. Éder Sciola (Paraná), Matheuzinho (Atlético/GO), Alisson Farias (CRB) e Ezequiel (Sport) - 4 assistências

Times com mais vitórias

  1. Bragantino - 11 vitórias
  2. Coritiba - 9 vitórias
  3. Atlético/GO - 8 vitórias
  4. Cuiabá - 8 vitórias
  5. Operário/PR - 8 vitórias

Times com menos vitórias

  1. Oeste - 3 vitórias
  2. Vila Nova - 4 vitórias
  3. Guarani - 4 vitórias
  4. Figueirense - 4 vitórias
  5. São Bento - 5 vitórias

Times com mais empates

  1. Oeste - 10 empates
  2. Sport - 10 empates
  3. Figueirense - 9 empates
  4. Vila Nova - 8 empates
  5. Paraná, Atlético/GO e Curitiba - 7 empates

Times com mais derrotas

  1. Guarani - 11 derrotas
  2. São Bento - 10 derrotas
  3. Vitória - 9 derrotas
  4. Criciúma - 8 derrotas
  5. Brasil de Pelotas - 8 derrotas

Times com menos derrotas 

  1. Sport - 2 derrotas
  2. Bragantino - 3 derrotas
  3. Coritiba - 3 derrotas
  4. Atlético/GO - 4 derrotas
  5. Cuiabá - 5 derrotas

Melhores mandantes

  1. Curitiba - 23 pts 
  2. Operário/PR - 23 pts 
  3. Bragantino - 22 pts 
  4. Atlético/GO - 18 pts 
  5. Sport - 18 pts 

Melhores visitantes

  1. Bragantino - 16 pts 
  2. CRB - 16 pts 
  3. Cuiabá - 15 pts
  4. Botafogo/SP - 14 pts 
  5. Paraná - 14 pts 

Piores mandantes

  1. Vila Nova - 8 pts
  2. CRB - 11 pts
  3. América/MG - 11 pts
  4. São Bento - 12 pts
  5. Figueirense - 13 pts

Piores visitantes 

  1. Guarani - 3 pts
  2. Oeste - 5 pts
  3. Operário - 5 pts
  4. Vitória - 5 pts
  5. Criciúma - 5 pts

Times com mais gols feitos

  1. Bragantino - 29 gols
  2. Coritiba - 27 gols
  3. Sport - 26 gols
  4. Londrina - 24 gols
  5. São Bento e Cuiabá - 23 gols

Times com mais gols sofridos

  1. São Bento - 29 gols sofridos
  2. Vitória - 27 gols sofridos
  3. Londrina - 25 gols sofridos
  4. América/MG e Botafogo/SP - 22 gols sofridos 
  5. CRB e Guarani - 21 gols sofridos

Times com menos gols feitos

  1. Guarani e Vila Nova - 12 gols
  2. Brasil de Pelotas e Criciúma - 14 gols
  3. Figueirense e Paraná - 15 gols
  4. Oeste e Operário/PR - 17 gols
  5. Vitória - 18 gols

Times com menos gols sofridos

  1. Bragantino - 9 gols sofridos
  2. Atlético/GO - 15 gols sofridos
  3. Vila Nova e Coritiba - 16 gols sofridos
  4. Sport e Paraná - 17 gols sofridos
  5. Ponte Preta, Figueirense, Cuiabá e Brasil de Pelotas - 18 gols sofridos 

Goleiros com mais defesas (simples)

  1. Rafael Santos (Vila Nova) - 53 defesas simples
  2. Matheus Albino (Londrina) - 49 defesas simples
  3. Maílson (Sport) - 43 defesas simples
  4. Carlos Eduardo (Brasil de Pelotas) - 40 defesas simples
  5. Thiago Rodrigues (Paraná) - 37 defesas simples

Goleiros com mais defesas (difíceis) 

  1. Carlos Eduardo (Brasil de Pelotas) - 25 defesas difíceis
  2. Maílson (Sport) e Darley (Botafogo/SP) - 20 defesas difíceis 
  3. Kozlinski (Atlético/GO) - 18 defesas difíceis 
  4. Júlio César (Bragantino) - 15 defesas difíceis 
  5. Rafael Santos (Vila Nova) - 14 defesas difíceis 

Por fim, vamos saber algumas probabilidades feitas pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG):

Chances de título

  1. Bragantino - 49,4%
  2. Coritiba - 19,3%
  3. Atlético/GO - 7,5%
  4. Sport - 5,9%
  5. Cuiabá - 5%

Chances de acesso

  1. Bragantino - 89%
  2. Coritiba - 68,8%
  3. Atlético/GO - 42,8%
  4. Sport - 39,6%
  5. Cuiabá - 34,7%

Chances de rebaixamento

  1. Guarani - 72,6%
  2. Oeste - 57%
  3. São Bento - 51%
  4. Vila Nova - 45,9%
  5. Vitória - 38,2%

Fala aí, torcedor e leitor! Como foi o seu time na primeira metade de segundona? Para você, qual equipe deve ser a campeã? Quais serão os times que vão conquistar o tão sonhado acesso? E quais serão as torcidas que vão terminar o ano chorando pela queda à Série C? Deixe sua opinião nos comentários!

Em 08/30/2019 por Matheus Alves

estatísticas números primeiro turno Série B
Voltar