Athletico x Internacional: tudo sobre a final da Copa do Brasil 2019

Preparamos um raio-x sobre a decisão; principais jogadores, histórico e muito mais



Para você que é um amante de futebol, hoje é um dia para lá de especial. À noite, às 21h30, começa o primeiro jogo da decisão na Copa do Brasil 2019. A bola rola na Arena da Baixada, em Curitiba, para Athletico Paranaense e Internacional. Na próxima quarta-feira (18), o duelo definitivo será no Beira-Rio, em Porto Alegre, às margens do Rio Guaíba. 

Diante de todo esse clima de finalíssima, trouxemos hoje um Raio-X da final da Copa do Brasil. Conheça os principais jogadores de cada time, como as equipes chegam para a decisão, o histórico de Athletico e Internacional na competição, entre outras coisas.

+ Quer saber como assistir a final da Copa do Brasil na TV e online? Saiba clicando aqui!


Athletico x Internacional

Athletico-PR

Participações em Copa do Brasil: 23

Melhor campanha: Vice-Campeão (2013)

Como o Athletico veio da Libertadores, o clube começou a participar da Copa do Brasil a partir das oitavas de final. De lá para cá, eliminou o Fortaleza (atual campeão da Série B), o Flamengo (líder do Brasileirão e semifinalista da Libertadores) e o Grêmio (cinco vezes campeão da Copa do Brasil). O Furacão chega grande ou não para essa final?

Com toda certeza, o time comandado pelo técnico Tiago Nunes é um dos que mais crescem nos últimos anos aqui no Brasil. Em 2017, surpreendeu ao se classificar para a Libertadores pelo Campeonato Brasileiro. No ano passado, o Furacão de Curitiba conseguiu algo inédito: um título internacional, o da Copa Sul-Americana. 

Em 95 anos de história, o Athletico tenta o título inédito da Copa do Brasil. A melhor campanha até hoje foi o vice-campeonato, em 2013. Naquela ocasião, perdeu a final para o Flamengo de Hernane Brocador e o técnico Jayme de Almeida. Marcelo Cirino foi o grande nome do Furacão naquela temporada. O atleta é um dos integrantes do elenco atual do time paranaense. 

Para o jogo de hoje à noite, o zagueiro Léo Pereira deve retornar ao time titular, no lugar de Lucas Halter, após cumprir suspensão. A única dúvida é na lateral direita, se Madson ou Khellven vai atuar entre os 11 iniciais. O provável time de Tiago Nunes é: Santos; Khellven (Madson), Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Rúben. 

Destaque do time: Bruno Guimarães

Com apenas 21 anos, Bruno Guimarães tem quase 100 partidas com a camisa do Furacão. O volante para lá de moderno já recusou, inclusive, fortes sondagens de times da Europa e futebol chinês. Quer focar no Athletico para provar o seu amor ao clube e conquistar mais coisas. Com pouca idade, se destaca também pelo caráter e poder mental. Dentro de campo, é um meio campista completo. Joga praticamente em todas as posições da “meiúca”. Tem um bom passe, boa chegada como elemento surpresa, consegue se garantir bem no aspecto defensivo e é o pulmão do time de Tiago Nunes. Um dos destaques na conquista da Sul-Americana no ano passado, é uma gigantesca aposta para a Copa do Brasil 2019 e um contraponto ao experiente elenco athleticano: faz parte de uma juventude que se posiciona como líder do elenco.

+ Saiba quem são os maiores campeões da Copa do Brasil

Internacional

Participações em Copa do Brasil: 25

Melhor campanha: Campeão (1992)

Assim como seu adversário na decisão, o Inter ingressou na Copa do Brasil na fase oitavas de final. O colorado eliminou o Paysandu (atual campeão da Copa Verde), o Palmeiras (atual campeão brasileiro) e Cruzeiro (atual bicampeão da Copa do Brasil). Nada mal, né? A equipe do técnico Odair Helmann chega muito forte ao eliminar fortíssimos concorrentes e com jogos para lá de emocionantes. 

Odair Helmann está no comando do Internacional desde 2017. Desde então, garantiu o acesso à Série A após o primeiro rebaixamento da história do alvirrubro. Além disso, no ano seguinte, já conquistou uma excelente campanha no Brasileirão Série A que levou o time à Libertadores deste ano. Na competição intercontinental, o colorado foi eliminado pelo Flamengo nas quartas, mas chegou muito forte - até a decisão - na Copa do Brasil. Sempre rondando os melhores colocados no Brasileirão em 2019, o Inter vive grande momento na temporada.

Como não poderia ser diferente, o “Campeão de Tudo”, como é conhecido, também venceu a Copa do Brasil. Mas foi só uma vez, em 1992. Neste intervalo de 27 anos, o colorado focou em títulos internacionais, como a Libertadores de 2006 e 2010, além do Mundial de 2010. Lá se vai, então, todo esse período sem títulos nacionais - nem Copa do Brasil (que não vence desde 1992), nem Campeonato Brasileiro (o último vencido em 1979 - na Série B 2017, foi vice para o América/MG). Por todo esse cenário, a Copa do Brasil 2019 é encarada com muita prioridade pelos lados do colorado gaúcho. 

Na final na Arena da Baixada, o atacante uruguaio Nico López deve continuar no time titular, no lugar de Rafael Sóbis, que não foi bem contra o Flamengo nas quartas de final da Libertadores. Com isso, o time deve ser o mesmo que eliminou o Cruzeiro nas semi da Copa do Brasil, na semana passada. A equipe inicial de Odair deve ser: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Patrick; D’Alessandro, Nico López e Paolo Guerrero. 

Destaque do time: Paolo Guerrero

Com 35 anos e depois de ficar quase um ano sem atuar por doping, Paolo Guerrero vive uma das fases mais artilheiras de sua carreira. Em 2019, o atacante peruano está com 23 partidas disputadas e 13 gols assinalados. Com toda sua experiência e liderança, Paolo tem sido, ao lado de atletas como D’Alessandro e Marcelo Lomba, um dos principais nomes de confiança do técnico Odair Helmann, que tem revolucionado o time e o retornando ao patamar de multicampeão. Na Copa do Brasil, Guerrero é um dos três artilheiros: 5 gols, ao lado de Pipico (Santa Cruz) e Luciano (Ex-Fluminense, hoje no Grêmio). Dois deles foi no jogo de volta das semi, contra o Cruzeiro. 


+ Confira a premiação de cada fase da Copa do Brasil 2019

Como os dois times estão na disputa a partir das oitavas, o campeão terá uma premiação total de R$ 64,35 milhões, enquanto o vice embolsará R$ 33,35 milhões. Para você, quem vai levar a melhor: Athletico/PR ou Internacional? Participe da nossa enquete!

Em 11/09/2019 por Matheus Alves

Athletico Internacional final Copa do Brasil 2019
Voltar