Jogadores medalhões que vão jogar à Série B 2019

Listamos jogadores medalhões vencedores e que atualmente estão em clubes da segunda divisão do Campeonato Brasileiro



Com o passar do tempo, a tendência é que muitos jogadores de carreiras com grande expressão comecem a perder espaço em times maiores e busquem alternativas para não se aposentarem precocemente. O que acontece muito é o fato do atleta voltar ao clube que o revelou ou ir para alguma equipe de menor expressividade. Por isso, listamos sete jogadores medalhões que atuam na Série B e que tiveram carreiras em grandes times no mundo do futebol.

Medalhões da Série B 2019

Danilo, 39 anos – Vila Nova

Perto de se aposentar, atualmente com 39 anos, Danilo Gabriel de Andrade veste as cores do Vila Nova, mas começou a se destacar no futebol usando a camisa do maior rival. Com o Goiás, o jogador foi campeão da Série B em 1999. Versátil, o atleta pode atuar como meia ou centroavante e carrega um histórico que impõem respeito. Não à toa, ele possui 23 títulos na carreira.

Sempre protagonista pelos clubes que passou, Danilo faturou quatro Campeonatos Brasileiros (São Paulo em 2016 e Corinthians em 2011, 2015 e 2017). Em 2005 venceu a Taça Libertadores e o Mundial de Clubes, jogando pelo São Paulo. Já em 2012, repetiu o feito ganhando novamente as duas competições, só que dessa vez, com o Corinthians. Inclusive, ele é considerado um dos maiores jogadores da história do Timão.

Leia Também - Perfil do jogador Danilo

Alecssandro, 38 anos – São Bento

Centroavante nato, Alecssandro, que está com 38 anos, já nasceu com o futebol no DNA; é filho de Lela, campeão brasileiro pelo Coritiba em 1985.

Em 2011, o atacante foi artilheiro e campeão da Copa do Brasil pelo Vasco da Gama e marcando cinco gols na competição. Além disso, um ano antes levantou a taça da Libertadores, atuando pelo Internacional.

O atacante repetiu o feito em 2013, jogando pelo Atlético-MG e, mais uma vez, conquistou a América. Ainda faltava o título do Brasileirão para completar a carreira vitoriosa, e esse êxito veio em 2016 com o Palmeiras.

Além disso, Alecssandro ainda teve passagem por equipes como Flamengo, Cruzeiro, Coritiba e Vitória. Atualmente o centroavante está jogando pelo São Bento, time da cidade de Sorocaba, em São Paulo.

Alecgol, como é carinhosamente chamado pelos torcedores, é o terceiro maior artilheiro do Campeonato Brasileiro em atividade (veja a lista).

Maicon, 37 anos – Criciúma

Revelado no Criciúma, Maicon é ídolo na equipe Catarinense. Com a Seleção Brasileira o lateral faturou duas Copa das Confederações (2005 e 2009) e duas Copa América (2004 e 2007).

Além disso, atuando pela Inter de Milão, o jogador venceu a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes em 2010. Pelo time, o atleta foi também quatro vezes Campeão Italiano. Em âmbito nacional, Maicon levantou a taça do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, em 2003 pelo Cruzeiro.

O lateral tem passagens também por Roma (ITA) Mônaco (FRA) e Manchester City (ING). Além disso, também jogou no Avaí, em 2017.

Da nossa lista, o lateral Maicon tem a carreira mais promissora do futebol, atuando na seleção brasileiro e em vários clubes da Europa conhecidos internacionalmente.

maicon-inter-de-milao

Maicon no Inter de Milão da Itália - Foto: Divulgação / Inter de Milão / Site oficial

Dagoberto, 36 anos – Londrina

Atualmente jogando pelo Londrina, Dagoberto faz parte daquele seleto grupo de jogadores que se encaixam em qualquer time. O atleta é versátil e pode atuar no ataque pelos lados, centralizado ou no meio-campo.

Apesar dos 36 anos, o jogador é chamado de Dagol e faz jus ao apelido. Em 2018, ele foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro Série B. Em 19 jogos, marcou 17 vezes pela equipe Paranaense.

Revelado pelo PSTC, do Paraná, o jogador tem passagens por Athletico-PR, São Paulo, Internacional, Cruzeiro, Vasco e Vitória. Dessa forma, ao longo da carreira o atacante coleciona títulos pelos clubes que passou.

Se tratando de campeonato estaduais, Dagoberto já levantou a taça no baiano, paranaense, mineiro, carioca e gaúcho. Além disso, indo para o âmbito nacional, o atleta já foi campeão do Brasileirão Série A em cinco oportunidades. Em 2001 pelo Athlético-PR, 2007 e 2008 pelo São Paulo, e também em 2013 e 2014 pelo Cruzeiro. Em 2003 foi campeão da Copa do Mundo Sub-20, com a Seleção Brasileira. Um belo currículo né?!

Zé Carlos, 35 anos – CRB

Centroavante clássico, Zé Carlos é conhecido como “Zé do Gol”. Ídolo no Criciúma, alcançou a marca de incríveis 41 gols em 45 jogos na temporada 2012 pelo clube catarinense.

Com 35 anos, o atacante tem passagens por Cruzeiro, Porto (POR), Paulista, Ponte Preta e Portuguesa. Zé do Gol foi artilheiro da Série B por duas vezes, em 2012 pelo Criciúma (27 gols) e 2015 pelo próprio CRB (19 gols). Zé Carlos é sinônimo de experiência e faro de gol!

Hernane Brocador, 33 anos – Sport

O centroavante é ídolo no Flamengo e atualmente está no Sport. Hernane foi campeão da Copa do Brasil 2013 com a equipe carioca e também recordista de gols daquele ano no Brasil, 36 no total. O atleta chamou a atenção do Flamengo em 2012, quando ainda atuava no Mogi Mirim e já era destaque. Em 2017, Hernane foi campeão da Copa do Nordeste atuando pelo Bahia.

Com 33 anos, o centroavante é o artilheiro do Campeonato Pernambucano, com nove gols marcados e está chamando a atenção de vários times da Série A. A pergunta é; o Sport vai conseguir segurar o artilheiro para a disputa da Série B 2019?

Gerson Magrão, 33 anos – Ponte Preta

Meia canhoto, clássico e armador, Gerson Magrão tem passagens por clubes como Cruzeiro, Flamengo, Santos, América-MG e também jogou na Ucrânia, pelo Dínamo de Kiev.

O atleta tem 33 anos, e atualmente está defendendo as cores da Ponte Preta. Ao longo da carreira o jogador faturou uma Recopa Sul-Americana, com o Santos em 2011. Além disso, venceu uma Série B, quando jogava pelo América-MG, em 2017.


Jogadores medalhões trazem a experiência ao elenco e podem assumir um papel de liderança muito importante. Na sua opinião, qual dos jogadores da nossa lista se destacará na Série B 2019?

Por Daniela Versiane

jogadores medalhões Série B 2019 jogadores mais velhos Danilo Alecssandro Maicon Dagoberto
Voltar