Jogadores com mais rebaixamentos no Campeonato Brasileiro

Se liga na lista dos 10 atletas com mais quedas no Brasileirão na era dos pontos corridos



O sonho de todo atleta é se tornar um grande profissional no esporte no qual atua. No futebol, isso não é diferente. Para isso, são necessários títulos, conquistas e marcas atingidas, recordes quebrados. Mas nem tudo são flores. O pavor de todos os jogadores de futebol é o fracasso, mais precisamente o rebaixamento do clube que defende.

Por isso, hoje resolvemos trazer a lista dos 10 atletas com mais rebaixamentos no Campeonato Brasileiro, na era dos pontos corridos. Dos 10, oito seguem em atividade e tem até campeão mundial na "Seleção do Azar". Confira!

5 vezes

Rafael Moura

Ninguém foi rebaixado tantas vezes quanto o atacante Rafael Moura, o He-Man, depois de 2003 - era dos pontos corridos. O atleta de 36 anos, hoje no Goiás, desceu à Série B em cinco oportunidades, por cinco clubes diferentes. O início de todo esse azar foi pelo Vitória, em 2004. No ano seguinte, foi a vez de cair pelo paraense Paysandu. Depois de um limbo de cinco anos, voltou a ser rebaixado em 2010 pelo Goiás, no Figueirense em 2016 e, por último, pelo América Mineiro no ano passado. E aí, será se o He-Man vai ter a força de livrar o esmeraldino do rebaixamento neste ano?

+ Times que mais foram rebaixados da Série A para a B

4 vezes

Wilson

O goleiro Wilson caiu tanto que atualmente disputa a Série B, pelo Coritiba. O experiente arqueiro, de 35 anos, é conhecido também por bater faltas e pênaltis. Por isso, tem alguns gols na carreira. Como aspecto negativo no currículo, foi rebaixado quatro vezes à segunda divisão nacional. Os descensos foram: duas vezes pelo Figueirense (2008 e 2010), outra oportunidade pelo Vitória (2014) e a última pelo seu atual clube, o Coritiba (2017).

Everton Santos

Zagueiro de 32 anos, Everton Santos está no Figueirense, pela Série B do Campeonato Brasileiro, e foi rebaixado para a divisão na qual atua em três anos distintos. Além do rebaixamento pelo próprio Figueira, em 2016, houve outras duas quedas. Foram elas: Corinthians (2007) e Goiás (2010). No ano de 2017, caiu com o Santa Cruz para a Série C.

Jonas

Jonas, lateral direito de 32 anos, é outro que é experiente e disputa a Série B no ano de 2019, pelo Cuiabá. O defensor participou de quatro descensos à segundona. O primeiro foi com o São Caetano, em 2006, que desde então nunca mais retornou à elite do futebol brasileiro. Três anos mais tarde, caiu com o Sport e, na temporada seguinte, pelo Vitória. No ano de 2016, fez parte do plantel do América/MG, que terminou o ano como um dos quatro rebaixados. 

Fernando Bob

Fernando Bob deu BOBeira na Série A em quatro anos! 🤔 Trocadilho à parte, o volante de 32 anos hoje disputa a Major League Soccer (MLS), a liga de futebol nos Estados Unidos, pelo Minnesota United. Caiu para a Série B em 2012, 2013, 2016 e 2017 com Atlético Goianiense, Ponte Preta, Internacional e outra vez Ponte Preta, respectivamente. 

Nino Paraíba

O lateral Nino Paraíba e está com 33 anos e defende as cores do Bahia, atualmente. Pela temporada do time de Roger Machado, é bem difícil que o experiente defensor caia à segunda divisão pela quinta vez. Anos atrás, Nino caiu com o Vitória (2010 e 2014), Avaí (2015) e Ponte Preta (2017). 

Nunes

Atualmente, o centroavante Nunes, com 37 anos, disputa a Divisão de Acesso (2ª divisão) do Campeonato Goiano, pelo Anápolis. Mas o atleta teve seus tempos em alta, inclusive jogando a Série A do Brasileirão. Nunes foi rebaixado em quatro temporadas. Em 2005 pelo Coritiba, no Fortaleza no ano seguinte, pelo América de Natal em 2007 e no Santo André em 2009.

+ Veja a Tabela da Série B!

3 vezes

Rhayner 

O mais novo da lista, o meia-atacante Rhayner está com 28 anos e atua na língua japonesa, pelo Sanfrecce Hiroshima. No Brasileirão, não deu muita sorte até aqui. O atacante foi rebaixado com o Grêmio Barueri (2010) e pelos rivais Bahia (2014) e Vitória (2018).

Fábio Baiano

O meia Fábio Baiano é um dos dois da lista que se aposentou. Natural de Feira de Santana, na Bahia, o ex-atleta caiu para a Série B três vezes neste século. Os rebaixamentos aconteceram em três anos consecutivos (que azar!): entre 2005 e 2007, por Atlético Mineiro, Ponte Preta e Juventude, respectivamente. A última equipe do atleta foi o Brasiliense, em 2008.

Vampeta

O outro da nossa “seleção do azar” que pendurou as chuteiras é o ex-volante Vampeta, campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002. Vamp não teve a mesma sorte com as equipes pelas quais disputou o Campeonato Brasileiro da primeira divisão. “Conquistou” descensos por Vitória (2004), Brasiliense (2005) e Corinthians (2007).

+ Estatísticas e números do primeiro turno da Série B 2019


Fala aí, torcedor! Qual desses jogadores joga ou jogou mais bola? Deixe seu palpite nos comentários :)

Em 09/02/2019 por Matheus Alves

jogadores mais rebaixamentos campeonato brasileiro rebaixados
Voltar