João Pedro Junqueira de Jesus, o garoto sensação do Fluminense

Conheça a história humilde e os números do atacante revelação que já foi vendido para o Watford, da Inglaterra



Atualmente, um dos nomes que mais se destacam no futebol brasileiro é o de João Pedro. O atacante do Fluminense é sinônimo de gols e em cada partida deixa sua marca em cima dos adversários.

Saiba mais da história, dos números e do futuro do camisa 23!

História de João Pedro

A aposta em um sonho

João Pedro é um garoto de apenas 17 anos que assim como tantos outros sempre sonhou em ser jogador de futebol. Natural de Ribeirão Preto, São Paulo,  o menino teve breve passagem pelo Botafogo-SP, o principal time da cidade. Com apenas 10 anos de idade foi visto pelo observador técnico do Fluminense Luiz Felipe, em uma partida pelo Corinthians, na cidade de Valparaíso de Goiás. A curiosidade é que ele chamou atenção atuando como volante. Mesmo na posição defensiva, o jogador marcou 2 gols.

A partir dali o sonho do menino começava a criar forma, mas caminhava lado a lado com os obstáculos. A mãe deixou o emprego em Ribeirão Preto e partiu rumo a Xerém, no Rio de Janeiro,  apostando todas as fichas no sonho do filho. De uma vida estável, os dois passaram por diversas dificuldades financeiras.

Quem o vê brilhando agora não imagina que João Pedro nunca foi dono absoluto da posição em que atuava. Antes, ele jogava no meio, mas não conseguia ter bom rendimento devido ao porte físico, que demorou para se desenvolver. Depois passou  jogar como atacante pelas pontas. Na posição fazia boas atuações, contudo, ainda não tinha se destacado dentre os jogadores que também fazem parte do elenco.

João Pedro era banco, até que Marcelo Veiga assumiu a coordenação técnica do time sub-17 e percebeu que o garoto podia se dar bem como centroavante. A suposição virou certeza assim que o atleta estreou mais centralizado. O jogo foi contra Goytacaz e o Fluminense venceu por 14 a 0, desses, 5 tentos foi de João Pedro. Esta foi a primeira partida em que ele foi titular na base, no dia 26 de junho de 2018 (menos de um ano atrás 😱).

A partir dali a vida do menino começava a mudar. Jogando na posição certa o centroavante virou uma máquina de gols e chamou a atenção do time inglês Watford. Naquela época, o Fluminense passava por momentos financeiros instáveis e o vendeu por 2,5 milhões de euros ao clube europeu.  O tricolor das Laranjeiras não imaginava que a ascensão do atleta seria tão rápida... Mas foi!

Números

Gols e mais gols! O recorde veste 23

Em 2018, pelo sub-17, João Pedro marcou 29 gols em 35 jogos. Na temporada foram 38 gols ao total.  Fator decisivo para que subisse ao profissional. O técnico Fernando Diniz passou a utilizar o garoto nos jogos do time principal e a estrela do menino brilhou ainda mais perante os veteranos.

Jogando como centroavante, ele marcou 7 vezes em 10 jogos. Na temporada, de 14 partidas já são 9 tentos. Um dos jogos de maior destaque foi contra o Atlético Nacional pela partida de ida da Copa Sul-Americana. Em noite inspirada, João Pedro fez três e deu uma assistência. A atuação do garoto chamou a atenção do mundo.

A média de gols de 0,7 nos 10 primeiros jogos como profissional já fez surgir comparações os maiores nomes do futebol brasileiro. Um deles foi Ronaldo Fenômeno, dono de uma das carreiras mais incontestáveis da modalidade no país.  Em 10 partidas, pelo Cruzeiro, o Fenômeno fez 5 gols, 2 a menos que João Pedro.

Futuro

A  Europa já é realidade

Ainda na base, o Watford já viu algo diferente no centroavante. Em outubro de 2018 o Fluminense e o time inglês fecharam a venda. Até o momento o clube carioca já recebeu 2,5 milhões de reais, mas esse valor pode ser maior, de acordo com o desempenho e o cumprimento de algumas metas que foram colocadas no contrato.  Como ainda tem apenas 17 anos, João Pedro só vai para a Inglaterra em 2020. Ele completa 18 em setembro.

Entretanto tem um fator que está deixando outros clubes da Europa de olhos em cima do garoto. O Watford estabeleceu uma multa de 90 milhões de reais, caso o Fluminense desista da venda. Neste caso, outro time poderia entrar na negociação, pagar a multa e acertar com o jogador. Os gigantes ingleses Manchester United e Liverpool chegaram a consultar como está a situação do atleta. Assim sendo, o futuro da Jóia das Laranjeiras ainda pode tomar outros rumos.


O futebol brasileiro está carente de ídolos, mas vire e mexe aparece um nome para reacender a esperança. A nomenclatura da vez é João Pedro Junqueira de Jesus que, seja por coincidência ou não, iluminado ele é de sobra.

Ah... a última do João Pedro foi esse golaço de bicicleta contra o Cruzeiro pela oitavas de final da Copa do Brasil. Uma pintura!

Por Daniela Versiane

joão pedro Fluminense Watford vendido valor Inglaterra números gols história idade
Voltar