Em quais anos o Vasco foi rebaixado para à Série B?

O Vasco da Gama já foi rebaixado três vezes na era dos pontos corridos do Brasileirão. Saiba quais foram os anos!



A história não mente, tetracampeão brasileiro, tricampeão sul-americano, campeão da Copa do Brasil, o Vasco é um dos times com as maiores torcidas do Brasil. Apesar disso, na era dos pontos corridos do Brasileirão, a sua história não tem sido construída por vitórias, mas sim por várias tentativas de não ser rebaixado. Umas com sucesso, outras um total fracasso.

Vasco foi rebaixado três vezes

Desde 2003, quando a era dos pontos corridos do Brasileirão começou, o Vasco não tem contado com a sorte para brigar pelo título. Em 2011, chegou a disputar o título com o Corinthians até a última rodada, ficando com o vice-campeonato. Fora isso, anos difíceis e medianos tornaram-se comuns. Os piores, foram as temporadas em que o Vasco foi rebaixado!

Vasco rebaixado em 2008 com aproveitamento de 35%

Em 2008, o Vasco não conseguiu fugir do rebaixamento. Depois de brigar para não cair em 2003, 2004 e 2005, a história de que “time grande não cai” não servia mais para o Gigante da Colina. Na época, o clube era presidido por Roberto Dinamite, um dos maiores ídolos da história.

Quer saber a pior surpresa? A equipe era comandada pelo técnico Renato Gaúcho, que é destaque no Brasil. Em 2008, jogadores conhecidos como Edmundo, Leandro Amaral e Alex Teixeira estavam no elenco. Ainda assim, com um aproveitamento de 35%, a equipe terminou rebaixada na 18ª posição, com 40 pontos.

Além do Vasco, os seguintes clubes foram rebaixados em 2008: Ipatinga, Portuguesa e Figueirense. Em 2009, desses apenas o clube carioca conseguiu o acesso. Foi quando conquistou o Campeonato  Brasileiro Série B, com 76 pontos.

Leia Também: Qual a pontuação mínima para um time escapar do rebaixamento à Série B?


Vasco rebaixado em 2013 com aproveitamento de 39%

Em 2013, a terrível trajetória do Vasco no Brasileirão continuou. Mais uma vez, o Gigante da Colina não conseguiu fugir do rebaixamento, agora no comando do técnico Adilson Batista. A equipe terminou o campeonato com 44 pontos e um aproveitamento de 39%, que cravou o rebaixamento também na 18ª posição.

Na época, nomes conhecidos também fizeram parte do pesadelo, como Marlone, Bernardo, Guiñazú e até mesmo Fágner, considerado hoje o melhor lateral-direito do Brasil. A equipe foi rebaixada ao lado de Ponte Preta, Portuguesa e Náutico. Ao lado da ponte, subiu em 2014 com 63 pontos, ocupando a 3ª posição da Série B.

Leia Também: Apenas 3 times nunca foram rebaixados para a Série B


Vasco rebaixado em 2015 com aproveitamento de 36%

O Vasco foi rebaixado mais uma vez em 2015, com um aproveitamento de 36%. A equipe carioca terminou o Campeonato Brasileiro com 41 pontos e, novamente, na 18ª posição. Na época, o Vasco era comandado pelo técnico Jorginho e tinha jogadores conhecidos como: Martín Silva, Rodrigo, Luan e Thalles.

Ao seu lado, caíram mais três clubes: Avaí, Goiás e Joinville. Mais uma vez, na temporada seguinte o Vasco conseguiu retornar à elite do futebol brasileiro, assim como o Avaí. O time carioca terminou a Série B do Brasileirão na 3ª posição, com 65 pontos.


Anos que o Vasco lutou para não cair

Em mais quatro temporadas, a luta para o rebaixamento não ocorrer foi grande, foram em:

  • 2003, quando o Vasco terminou em 17º, com 39% de aproveitamento.
  • 2004, quando o Vasco atingiu a 16ª posição, com 39% de aproveitamento.
  • 2005, quando o Vasco escapou na 12ª posição, com 44% de aproveitamento.
  • 2018, quando o Vasco atingiu a 16ª posição, com 38% de aproveitamento.

Participe da nossa enquete!

anos vasco foi rebaixado Série B
Voltar