Após a eliminação da Copa do Brasil, Flamengo pode passar 2018 sem títulos

Segundo elenco mais caro do Brasil não garante bons resultados aos rubro negros, que caminham para uma temporada decepcionante.



Por Nilo Almeida

O Flamengo perdeu o duelo por uma vaga na final da Copa do Brasil de 2018 diante do Corinthians. A queda nas semifinais deixa os rubro-negros na iminência de ficar mais um ano sem títulos, a despeito do alto custo do elenco que está à disposição de Maurício Barbieri.

A soma dos valores de todos os titulares do Corinthians que eliminou o Flamengo não supera o investimento de cerca de 43 milhões de reais feito pelo time carioca pelo atacante Vitinho, que veio do futebol russo para suprir a ausência de Vinícius Júnior, vendido ao Real Madrid por 164 milhões de reais.

Segundo transfermarket.pt - site especializado em transferências e valores do mercado do futebol - o Flamengo tem o segundo elenco mais valioso do Brasil, orçado em 76,2 milhões de euros. Esse valor só não supera os 77 milhões de euros em que está orçado o elenco do Palmeiras.

A disponibilidade de recursos financeiros de ambos os clubes se traduz em estrutura e opções para que seus treinadores escalem suas equipes ao longo da temporada, mas não tem sido suficiente para que estes clubes atinjam seus objetivos.

A situação dos rubro negros é ainda pior, fora não só da Libertadores quanto da Copa do Brasil, depois de não figurar na decisão do Campeonato Carioca, disputado contra rivais locais cuja situação financeira é completamente oposta à abundância de recursos do Flamengo.

A quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro ainda permite aos rubro negros sonhar com o título nacional, que não é conquistado desde 2009. Há duas temporadas o Flamengo esteve na briga pelas primeiras posições ao longo da competição, mas o “cheirinho” que a torcida sentia na ocasião era de vexame, não de título.

O empate com o América MG (26/08), a derrota para o Ceará em casa (02/09), a derrota no confronto direto contra o Internacional (05/09) e o empate com o Vasco (15/09) evidenciam a queda de rendimento do time após a parada para a Copa do Mundo, enquanto Inter, São Paulo e Palmeiras vivem fases mais regulares.

A sequência recente de resultados não é animadora, e com mais uma eliminação, o clima de crise que pairava sobre a Gávea está estabelecido. Com poucos gols, um meio campo inoperante e uma defesa que passou a falhar com mais regularidade o Flamengo aposta agora todas as suas fichas no Campeonato Brasileiro.

Flamengo Campeonato Brasileiro Série A Vitinho
Voltar